Última hora

Última hora

Maidan de olhos postos nos "invasores"

Em leitura:

Maidan de olhos postos nos "invasores"

Tamanho do texto Aa Aa

É com apreensão que os movimentos de Vladimir Putin estão a ser seguidos na praça Maidan, em Kiev.

Aqui a anexação da Crimeia é vista como o primeiro passo para a secessão da Ucrânia.

“A Crimeia deve continuar na Ucrânia porque este território não pertence à Rússia, pertence aos tártaros. É difícil comunicar com Vladimir Putin porque se trata de uma pessoa que age de acordo com os próprios interesses” afirma uma mulher

Um homem adianta: “Vladimir Putin é como um tanque militar a abrir caminho. Ele não quer saber o que pensam as comunidades. Penso que só as sanções e as ações militares podem alterar esta posição.”

“Não me parece que os russos nos considerem como irmãos porque, na verdade, estão a agir como invasores” conclui uma mulher.

Uma “invasão” à qual os ucranianos prometem dar luta.