Última hora

Última hora

FED reduz estímulos para 55 mil milhões de dólares por mês

Em leitura:

FED reduz estímulos para 55 mil milhões de dólares por mês

Tamanho do texto Aa Aa

A Reserva Federal (FED) norte-americana modifica a linha de orientação e cortou mais 10 mil milhões de dólares no programa de estímulos.

Trata-se do terceiro corte consecutivo. O montante de compra de ativos passa a 55 mil milhões de dólares por mês.

Além disso, a FED, agora liderada por Janet Yellen, modifica a sua política de orientação.

Uma taxa de desemprego de 6,5% deixa de ser o critério chave para uma eventual subida das taxas de juro, que se mantêm perto de zero desde 2008. A FED passará a ter em conta uma série de fatores.

A primeira subida das taxas poderá ter lugar em 2015.

A FED baixou também as previsões de crescimento. A economia deverá crescer entre os 2,8 e os 3% este ano.

Já para o desemprego, espera melhorias. Avança com uma taxa de desemprego de 6,1% para 2014. Em fevereiro a taxa estava nos 6,7%, com muitos norte-americanos a abandonarem a procura de emprego.