Última hora

Última hora

Malásia: Dados do simulador pessoal do piloto foram apagados

Em leitura:

Malásia: Dados do simulador pessoal do piloto foram apagados

Tamanho do texto Aa Aa

Foram apagados dados do simulador pessoal do piloto do desaparecido avião da Malaysian Airlines. A informação foi avançada pelo ministro malaio dos Transportes Hishammuddin Hussein, que sublinhou que, até prova em contrário, toda a gente é inocente.

O ministro admitiu também terem recebido novos dados relevantes de radares de um parceiro.

“Posso confirmar que recebemos dados de radares mas não estamos autorizados a partilhar informações de outros países. Reafirmo o apelo aos nossos parceiros para que continuem voluntariamente a fazer-nos chegar toda a informação que nos ajudar nas investigações”, disse.

A Tailândia terá fornecido dados que permitem concluir a passagem do Boeing 777 no seu espaço aéreo, apesar de ter sido um sinal não conforme.

Um dos objetivos das equipas é agora delimitar as zonas de busca, e tentar encontrar as caixas negras, já que as baterias dos engenhos deverão acabar em breve.

Todo o pessoal envolvido no voo MH370 está a ser investigado, incluindo em terra.

Além de aparelhos de outras 25 nações, 21 satélites da China procuram o Boeing que saiu de Kuala Lumpur com destino a Pequim e desapareceu com 239 pessoas a bordo.