Última hora

Última hora

Deutsche Bank aumenta salários de dirigentes

Em leitura:

Deutsche Bank aumenta salários de dirigentes

Tamanho do texto Aa Aa

Deutsche Bank, o maior banco alemão, vai aumentar os salários dos dirigentes em 38 por cento. Jurgen Fitschen e Ansu Jain, os dois copresidentes executivos, vão passar a receber 8 e 9 milhões de euros, respetivamente, incluindo a pensão.

O aumento foi anunciado com a republicação dos resultados do ano passado (2013). O banco incluiu cerca de 350 milhões de euros em custos de acordos legais e mais 50 milhões de euros para cobrir ativos desvalorizados.

No conjunto, os custos dos acordos legais conseguidos levaram o Deutsche Bank a resultados negativos no derradeiro trimestre de 2013, com as reservas para resolver litígios a baixarem para 1,8 mil milhões de euros.

O grupo alemão está convicto de que 2014 será um ano decisivo, apesar do mau início do ano na divisão de investimento, e considera estar no bom caminho para atingir as metas estabelecidas para 2015 no respetivo banco de investimento.