Última hora

Última hora

Malásia: Navio mercante norueguês está no centro das buscas ao Boeing da Malaysia Airlines

Em leitura:

Malásia: Navio mercante norueguês está no centro das buscas ao Boeing da Malaysia Airlines

Tamanho do texto Aa Aa

Um navio de carga norueguês está no local onde foram detetados os objetos que podem ser destroços do avião da Malaysia Airlines, desaparecido há 13 dias com 239 pessoas a bordo.

As imagens de satélite australianas, registadas há alguns dias, estão agora no centro das operações de busca ao Boeing 777, apesar das restantes ações continuarem adiante.

Na habitual conferência de imprensa, o ministro malaio dos Transportes anunciou que, “assim que houver confirmação de que são de facto destroços do Boeing, a prioridade será encontrar as caixas negras, para apurar com rigor o que de facto se passou dentro do aparelho”, disse Hishammuddin Hussein.

Os objetos detetados estavam a cerca de 2300 quilómetros a sudoeste da cidade australiana de Perth. Um dos possíveis destroços tem cerca de 24 metros, o outro 5.

Várias aeronaves também já estiveram no local, durante o dia.

Os familiares das vítimas vivem momentos difíceis, muitos preferem acreditar que os objetos não são do avião e que os passageiros ainda estão vivos.