Última hora

Última hora

Obama prepara mais sanções contra a Rússia

Em leitura:

Obama prepara mais sanções contra a Rússia

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente dos Estados Unidos anunciou novas sanções contra russos proeminentes e abriu caminho para impor medidas contra setores-chave da economia russa, em resposta à anexação pela Rússia da península ucraniana da Crimeia.

Barack Obama falou na Casa Branca para fazer um ponto da situação sobre a crise Crimeia:

“A Rússia deve saber que se continuar a escalada irá ficar ainda mais isolada em relação à comunidade internacional. Há princípios básicos que regem as relações entre as nações da Europa e todo o mundo que devem ser tidos em conta no século 21. Isso inclui o respeito pela integridade territorial e da soberania. A noção de que as nações são simplesmente fronteiras a re-desenhar ou tomar decisões em detrimento de seus vizinhos, porque eles são simplesmente menos poderoso, é inaceitável. Putin precisa entender que os ucranianos não têm que escolher entre o Ocidente e a Rússia. Queremos que o povo ucraniano decida o seu próprio destino e que tenha boas relações com os Estados Unidos, com a Rússia, com a Europa e com quem eles escolherem”.

Obama também pediu para que o Fundo Monetário Internacional (FMI) aja rapidamente para ajudar a Ucrânia a enfrentar a crise que vem passando.