Última hora

Última hora

Ucrânia prestes a capitular na Crimeia

Em leitura:

Ucrânia prestes a capitular na Crimeia

Tamanho do texto Aa Aa

Impotente face ao poderio militar que tem pela frente, o frágil exército ucraniano vai sucumbindo às mãos das forças russas que controlam a Crimeia.

Nas últimas horas, foram tomadas de assalto, pelo menos, as bases de Belbek e Novofedorivka. A bandeira da Rússia foi também hasteada em quatro barcos de guerra e no único submarino da marinha ucraniana.

No assalto à base aérea de Belbek, cossacos e as chamadas forças de autodefesa juntaram-se à infantaria russa na conquista de uma das últimas instalações militares onde os ucranianos continuavam a resistir.

Registaram-se algumas escaramuças, trocaram-se insultos e pelo menos um ucraniano ficou ferido durante o assalto russo, levado a cabo pouco depois de ter expirado o ultimato para as tropas ucranianas abandonarem a base.

Segundo a imprensa ucraniana, os militares foram “deixados à mercê” das forças armadas russas na Crimeia e há notícia de pressões para que desertem e integrem o exército do Kremlin.

A conquista da base de Belbek foi celebrada com aplausos e a exortação da Rússia.

Na Crimeia, a maioria russófona está feliz. O mundo parece indiferente à caixa de Pandora que pode ter sido aberta com a violação da integridade territorial da Ucrânia, que estava garantida pelo acordo assinado quando Kiev abdicou das armas nucleares.