Última hora

Última hora

Milhares de holandeses contra as declarações de Wilders

Em leitura:

Milhares de holandeses contra as declarações de Wilders

Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de pessoas sairam à rua em Amsterdão, para chamar “racista” a Geert Wilders, o deputado holandês de extrema-direita.
Tudo por causa das declarações de Wilders no passado 19 de março, quando perguntou se os holandeses querem ter menos marroquinos na Holanda.

As palavras do deputado holandês motivaram a indignação dos holandeses, tendo sido apresentadas dezenas de queixas por discriminação, e levaram vários membros do Partido para a Liberdade a abandonar esta formação política.

Wilders veio agora responder, pela primeira vez, às críticas de que é alvo, defendendo o que disse:
“Não disse nada de errado. Não estou arrependido nem vou pedir desculpa a ninguém por ter dito a verdade e ter cumprido o meu dever como político”.

Os abandonos nas fileiras do Partido da Liberdade começam a tornar-se um problema sério, pois alguns dos políticos que voltaram as costas ao líder tinham um lugar de primeiro plano na campanha do partido para as eleições europeias de maio.

Uma das formas de protesto encontrada pela comunidade marroquina, foi partilhar “selfies” em que aparecem com os seus passaportes holandeses.