Última hora

Última hora

Steinmeier defende apoio financeiro à Ucrânia

Em leitura:

Steinmeier defende apoio financeiro à Ucrânia

Tamanho do texto Aa Aa

O ministro dos negócios estrangeiros da Alemanha, Frank-Walter Steinmeier, visitou a cidade ucraniana de Donetsk, onde sublinhou a urgência de apoio financeiro internacional para a Ucrânia.

O chefe da diplomacia alemã encontrou-se com o governador daquela região administrativa, Serhiy Taruta. Uma visita oficial que convenceu o ministro alemão de que os sentimentos separatistas não ameaçam o futuro da região, depois de ter afirmado antes que a anexação da Crimeia pela Rússia foi uma “tentativa de dividir a Europa”.

“Ouvimos hoje muito claramente o desejo forte de que a nova Ucrânia seja uma Ucrânia unida e que não haja separação”, disse Steinmeier.

O ministro dos Negócios Estrangeiros britânico, William Hague, defendeu recentemente que sanções suplementares sejam aplicadas a Moscovo, depois da anexação da Crimeia.

Enquanto decorria a visita do ministro alemão em Donetsk, apoiantes de Viktor Ianukovitch demonstravam diante do edifício da administração regional, criticando o novo governo ucraniano.

De acordo com uma resolução aprovada pelos 57 Estados-membros da OSCE, a organização vai enviar para a Ucrânia observadores internacionais numa missão de acompanhamento especial que se prevê seja mantida no país durante seis meses, pelo menos.