Última hora

Última hora

Eleições municipais em França mostram avanço da extrema-direita

Em leitura:

Eleições municipais em França mostram avanço da extrema-direita

Tamanho do texto Aa Aa

Os partidos de esquerda e centro-esquerda obtiveram 43% dos votos no primeira volta as eleições neste domingo, enquanto a Frente Nacional, chegou aos 7%. Em comparação com as eleições municipais anteriores, em 2008, a esquerda teve uma queda de 5 pontos porcentuais, enquanto a Frente Nacional viu o seu número de votos multiplicar-se por seis.

“De forma geral muitos franceses estão revoltados com a classe política. Mas o problema é que eles caem na armadilha da abstenção. É absolutamente necessário que eles expressem a sua opinião através de atos voluntários no sentido de mudar os seus representantes eleitos”, refere Marine Le Pen.

Um candidato do partido de Marine Le Pen foi eleito nesta primeira volta em Hénin Beaumont, uma cidade de 25 mil habitantes no norte da França; também candidatos da Frente Nacional foram os mais votados em cidades grandes, como Avignon e Perpignan, ficando bem posicionados para o segundo turno, em 30 de março.

Cerca de 45 milhões de eleitores franceses e da União Europeia foram convidados a votar, um voto que é o primeiro teste eleitoral importante para François Hollande em forte baixa de impopularidade depois de 22 meses no poder.

O crescimento da extrema direita pode aumentar a pressão para que o presidente Hollande, do Partido Socialista, mude as políticas ou mesmo a composição de seu governo.