Última hora

Última hora

Líder da extrema-direita russa morto a tiro

Em leitura:

Líder da extrema-direita russa morto a tiro

Tamanho do texto Aa Aa

Alexander Muzychko, o líder do Setor de Direita, tinha a cabeça a prémio e acabou morto a tiro esta terça-feira. Segundo a página do Ministro do Interior ucraniano, nas redes sociais, o líder do grupo radical de extrema-direita da Ucrânia, foi morto pela polícia ucraniana.

Muzychko era “persona non grata”. Na Ucrânia, apesar de ter ajudado na proteção dos manifestantes durante os protestos na Praça Maiden, o seu posicionamento político, associado ao fascismo, está longe dos ideais do novo governo interino do país.

Na Rússia a Comissão de Inquérito da Federação instaurou-lhe um processo penal, por suspeita de práticas criminosas contra os militares russos durante a guerra na Chechénia.