Última hora

Última hora

Alemanha prepara combate ao "turismo europeu de benefícios sociais"

Em leitura:

Alemanha prepara combate ao "turismo europeu de benefícios sociais"

Tamanho do texto Aa Aa

O governo alemão apresentou um plano que prevê penalizações para quem abusar dos direitos sociais no âmbito da livre circulação no espaço europeu. Limite de tempo para encontrar trabalho, proibição de regresso à Alemanha se houver fraude e reforço dos critérios e fiscalização nos benefícios parentais são algumas das medidas equacionadas.

“O número de migrantes da Roménia e da Bulgária e os problemas sociais que estão parcialmente ligados são geridos ao nível nacional. Podemos lidar com eles ao nível nacional, mesmo se são alarmantes nalgumas regiões e o aumento é perturbador. Por isso é legítimo agir para que não se tornem num problema para o país como um todo”, justifica o ministro alemão do Interior, Thomas de Maizière. O estudo de 133 páginas que justifica as medidas foi apresentado numa altura em que se estima que, este ano, o número de migrantes romenos e búlgaros na Alemanha vai passar de 70 mil, no ano passado, para o dobro com a abertura do mercado de trabalho europeu à Bulgária e à Roménia.