Última hora

Última hora

Barack Obama em Bruxelas: "Os países da NATO não estão sozinhos"

Em leitura:

Barack Obama em Bruxelas: "Os países da NATO não estão sozinhos"

Tamanho do texto Aa Aa

Barack Obama esteve esta quarta-feira em Bruxelas para uma cimeira que teve como pano de fundo a crise na Ucrânia e particularmente a anexação da Crimeia pela Rússia.

Após a reunião com os líderes europeus e com o secretário-geral da NATO, Anders Fog Rasmussen, Obama acentuou, em conferência de imprensa, a unidade da Organização do Atlântico Norte e deixou recados a Moscovo:

“O que vamos fazer é cumprir sempre a nossa obrigação solene. No nosso artigo quinto, está inscrito o dever de defender a soberania e a integridade territorial dos nossos aliados. E nesta promessa nunca vacilaremos. As nações da NATO nunca estão sozinhas. Hoje os aviões da NATO patrulham os céus dos países bálticos e reforçámos a nossa presença na Polónia. E estamos preparados para fazer mais. Daqui para frente todos os Estados membros da NATO devem cumprir a sua parte”, disse.

Para o presidente norte-americano, o braço-de-ferro entre a Rússia e o Ocidente “não significa o início de um novo período de guerra fria”. No entanto, não deixou de avisar que se a Rússia continuar no mesmo caminho, as sanções e o isolamento do país tendem a aumentar.