Última hora

Última hora

Obama lembra lições da Primeira Guerra Mundial

Em leitura:

Obama lembra lições da Primeira Guerra Mundial

Tamanho do texto Aa Aa

Barack Obama esteve esta manhã no único cemitério militar americano da Primeira Guerra Mundial na Bélgica. O presidente dos Estados Unidos homenageou as tropas americanas que morreram há um século em Waregen, na Flandres.

Obama aproveitou para lembrar os esforços para a eliminação do arsenal químico na Síria: “Os nossos países comprometeram-se num esforço internacional para destruir importantes armas químicas. Trata-se do mesmo tipo de armas usadas de forma devastadora nestas terras. Pensávamos que as tínhamos banido da história. Os nossos esforços enviam a poderosa mensagem que estas armas não têm lugar num mundo civilizado. Esta visita, este terreno santificado, lembram-nos que nunca devemos tomar nada por garantido.”

368 soldados americanos estão enterrados neste cemitério belga, mas foram mais de 116 mil os americanos que morreram na I Guerra Mundial na Europa.

Esta homenagem constituiu a primeira parte da visita de 24 horas de Barack Obama à Bélgica.