Última hora

Última hora

Governo de Erdoğan proíbe Youtube na Turquia

Em leitura:

Governo de Erdoğan proíbe Youtube na Turquia

Tamanho do texto Aa Aa

Depois do Twitter, agora também o Youtube foi banido na Turquia. Os internautas turcos estão cada vez mais revoltados com a política do governo de Recep Tayyp Erdoğan de proibir o acesso a alguns dos sites mais populares da Internet.

Desta vez, a razão para proibir a plataforma de vídeo foi uma fuga de informação. Uma reunião ultra-secreta que acabou, ninguém sabe como, posta no Youtube.

“Há vários anos que uso o Youtube e o Facebook. De repente, surge esta proibição. Foi um choque. É algo que me preocupa. Não gosto destes desenvolvimentos. O que acontece se, agora, o governo vencer as eleições?”- Pergunta Robin, um habitante de Istambul. Outra jovem habitante da maior cidade turca, Demet, mostra-se também preocupada: “Pergunto-me até onde irão para nos cortar as liberdades. Primeiro o Twitter, agora o Youtube, o que vem a seguir? O Facebook? Até onde irão e quando é que isto irá parar?”

Na reunião cujo vídeo acabou no Youtube, altos responsáveis políticos, incluindo o ministro dos negócios estrangeiros e o chefe dos serviços secretos discutiam uma possível intervenção militar na Síria.

A Turquia vai às urnas este domingo para eleições locais, um teste para o partido AKP de Erdoğan.