Última hora

Última hora

Ucrânia e FMI acordam empréstimo

Em leitura:

Ucrânia e FMI acordam empréstimo

Tamanho do texto Aa Aa

A Ucrânia chegou, finalmente a um acordo com o Fundo Monetário Internacional para obter um empréstimo que andará entre os 14 mil milhões e 18 mil milhões de dólares, para dois anos, isto segundo a agência Bloomberg. Este valor poderá ser aumentado e o prazo também alargado.

Autoridades ucranianas e a missão do FMI negociaram durante três semanas. O objectivo é evitar a entrada em incumprimento e limitar os danos económicos gerados pela crise política que se arrasta há quatro meses, como explicou ao parlamento o Primeiro-ministro interino:

“O país está à beira da falência económica e financeira. Se estas leis não forem aceites, prevemos o fracasso com a redução de 10% do PIB.”

Kiev tem agora de cumprir a sua parte, as duras medidas de austeridade que vão fazer tremer o país. Reduzir o défice, cortar os subsídios ao aquecimento, que segundo o FMI beneficiam mais os grandes consumidores do que os pequenos, e permitir maior flexibilidade na moeda nacional são algumas dessas medidas.

É o terceiro pacote de ajuda à Ucrânia desde 2008, um país que está à beira da terceira recessão em seis anos.