Última hora

Em leitura:

Yvan Bourgnon, um herói à antiga


Desporto

Yvan Bourgnon, um herói à antiga

Um sextante, cartas náuticas e a observação do céu e das estrelas. Yvan Bourgnon propõe-se a dar a volta ao mundo em solitário com recurso apenas às velhas técnicas de navegação.

Para já cumpriu um terço da viagem. Partiu a 5 de outubro do porto francês de Sables-d’Olonne, atravessou o Atlântico e encontra-se neste momento a recuperar forças na Polinésia francesa.

A fadiga tem sido o principal obstáculo para o velejador suíço, o espaço para dormir não abunda no pequeno catamarã. Nem sequer conta com uma cabina para se proteger dos elementos.

Bourgnon encontra-se à mercê da natureza, sem qualquer assistência, boletim meteorológico ou ajuda GPS, e do saber acumulado de várias gerações. O seu regresso a casa está previsto para o final de 2014.

Saiba mais:

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

Desporto

Como atravessar um canal de avião