Última hora

Última hora

França: As municipais que perturbam François Hollande

Em leitura:

França: As municipais que perturbam François Hollande

Tamanho do texto Aa Aa

Fim da campanha eleitoral para a segunda volta das eleições municipais, este domingo, em França.

A direita prepara-se para uma vitória, a extrema-direita do Front National para um resultado histórico, com a conquista de várias autarquias e os socialistas para o cartão vermelho à governação dos últimos dois anos.

A grande batalha trava-se em Paris, no feminino. A candidata da direita, Nathalie Kosciusco-Morizet terminou a primeira volta com uma ligeira vantagem sobre a candidata socialista, Anne Hidalgo, Mas é muito provável que não venha a ser eleita.

A analista Frederic Dabi
“Se houver um forte recuo da esquerda, se a esquerda perder sobretudo nas cidades emblemáticas como Toulouse, Estrasburgo.. Se houver uma surpresa em Paris, ainda que seja pouco provável, François Hollande terá que fazer algo. Será que vai até à substituição do primeiro-ministro? Ninguém sabe, até agora”.

A mudança do primeiro-ministro é pedida há muito tempo, até dentro do PS, mas o presidente nunca cedeu.

O que parece certo é que mudarão algumas caras do governo. Falta saber Jean-Marc Ayrault resisitirá à vaga azul que cobrirá a maior parte do hexágono a partir de segunda-feira.