Última hora

Última hora

"Iraniano" vence Festival Cinéma du réel

Em leitura:

"Iraniano" vence Festival Cinéma du réel

Tamanho do texto Aa Aa

O documentário “Iraniano” venceu o grande prémio do Festival Cinéma du réel em Paris.

O realizador Mehran Tamadon convidou para a sua casa de campo em Teerão três religiosos defensores do regime iraniano.

A sala de estar tornou-se um espaço de criação de regras sociais para poderem viver juntos.

Em entrevista à euronews, o cineasta iraniano, que vive em França, define-se como ateu e aberto ao debate:

“A ideia é abrir-se ao outro e iniciar um debate. Não queríamos fazer um filme que só falasse das vítimas e dos que sofrem mas mostrar o que pensam aqueles que defendem o regime porque no final é preciso encontrar uma solução para podermos viver juntos”, explicou o realizador.

“É um povo onde a palavra é importante. As pessoas falam. Isso é importante porque quando as pessoas falam a violência diminui, há menos violência, é algo que não se passa em todos os países. Os iranianos criaram uma sociedade da palavra, apesar de haver repressão e de fecharem jornais, as pessoas falam”, acrescentou Mehran Tamadon.

O cineasta e os três religiosos executaram juntos tarefas do quotidiano, como cozinhar ou ouvir música.

Mehran Tamadon vê o futuro do Irão com otimismo moderado.

“No Irão haverá certamente reformas. A sociedade vai evoluir no longo prazo, mas será algo lento. Este filme é uma semente de algo que poderá surgir mais tarde talvez noutro contexto com outras pessoas, não necessariamente aquelas quatro”, considerou o cineasta.