Última hora

Última hora

Soyuz acopla à Estação Espacial com dois dias de atraso

Em leitura:

Soyuz acopla à Estação Espacial com dois dias de atraso

Tamanho do texto Aa Aa

Dois dias mais tarde do que o previsto, a Soyuz acoplou esta sexta-feira à Estação Espacial Internacional (ISS). A bordo da nave espacial russa seguiam dois cosmonautas russos e um astronauta norte-americano que vão ficar na ISS até setembro.

Os três astronautas partiram terça-feira à noite do centro espacial de Baikonur, no Cazaquistão, para uma viagem de cerca de seis horas até à estação espacial.

No entanto, um problema nos propulsores automáticos que manobram a Soyuz para a acoplagem, obrigou a alterar os procedimentos para uma aproximação longa que implica 34 órbitas da terra, em vez das quatro previstas.

O incidente que forçou esta aproximação longa à estação espacial está agora a ser investigado.

A acoplagem acabou por ser consumada esta sexta-feira, no espaço, sobre o Brasil.