Última hora

Última hora

Xi Jinping despede-se de França como um Rei

Em leitura:

Xi Jinping despede-se de França como um Rei

Tamanho do texto Aa Aa

Xi Jinping deixa a França para trás, a caminho da Alemanha, a próxima etapa deste périplo europeu do presidente chinês.

Antes de deixar Paris, o presidente da China foi recebido no Palácio de Versalhes, honras a que nem todos os chefes de Estado têm direito.
As receções no palácio do Rei Sol foram lançadas por De Gaulle nos anos 60 e repetidas muito poucas vezes até agora.

Houve um jantar privado entre François Hollande, Xi Jinping e a primeira-dama chinesa, a cantora Peng Liyuan e um recital na Ópera de Versalhes, com convidados ilustres.

Escondidos ficaram os protestos pelos direitos humanos na China. As manifestações, organizadas pelos Repórteres sem Fronteiras foram fortemente condicionadas.

A visita de Xi Jinping a França foi importante, sobretudo, pelos negócios, orçados em 18 mil milhões de euros, incluindo a encomenda de 700 aviões Airbus e a formalização da entrada da chinesa Dongfeng e do Estado francês no capital da PSA Peugeot-Citroën.