Última hora

Última hora

Turquia: Eleições vistas como teste a Erdogan

Em leitura:

Turquia: Eleições vistas como teste a Erdogan

Tamanho do texto Aa Aa

Na Turquia, as assembleias de voto estão abertas para que os quase 53 milhões de eleitores escolham os seus representantes municipais.

Uma eleição que acontece no momento em que o Primeiro-ministro, Erdogan, é alvo de uma contestação sem precedentes depois de ter censurado as redes sociais proibindo a utilização do Twitter e do youtube.

Este pode ser considerado um teste à governação do chefe do executivo turco e do Partido da Justiça e do desenvolvimento, AKP, a cerca cinco meses das presidenciais agendadas para agosto.

Vinte e seis partidos concorrem a estas eleições, a principal batalha dá-se entre o AKP e os Partidos Republicano do Povo e da Ação Nacional. Segundo as sondagens o AKP perde alguma vantagem, entre 5 a 10 por cento.

“Nesta assembleia de voto, em Istambul, a votação acontece tranquilamente. A votação continuará até ao fim da tarde e os resultados são esperados por volta da meia-noite”, explica o correspondente da euronews, Bora Bayraktar.