Última hora

Última hora

Crimeia terá um estatuto económico especial

Em leitura:

Crimeia terá um estatuto económico especial

Tamanho do texto Aa Aa

Dmitri Medvedev está esta segunda-feira na Crimeia.. É a primeira visita do chefe do governo russo à república desde a anexação do território no dia 21 de março.

Medvedev veio anunciar a intenção de Moscovo de criar, na península, uma zona económica especial, com deduções fiscais e limitação de formalidades administrativas para atrair investidores:

“Com a anexação da Crimeia à Rússia ninguém deve ficar a perder, todos devem ganhar. As pessoas da Crimeia esperam isso de nós, que criemos condições para uma vida tranquila e próspera, com segurança no futuro e o sentimento de fazer parte de uma grande nação”.

A visita do primeiro-ministro russo acontece no dia em que, segundo fontes oficiais ucranianas, a Rússia terá começado a retirar progressivamente as tropas estacionadas junto da fronteira com a Ucrânia.

A Rússia sempre negou ter um dispositivo militar massivo na linha de fronteira e acusava os governos ocidentais de má fé.

A retirada dos militares russos da fronteira entre os dois países tinha sido uma condição prévia apresentada pelos Estados Unidos para uma solução de saída da crise ucraniana.

Os chefes da diplomacia russa e americana, Sergei Lavrov e John Kerry, reuniram-se este domingo em Paris e ambos reconheceram a necessidade de uma solução diplomática.