Última hora

Última hora

Afegãos registam-se para votar entre preocupações com a segurança

Em leitura:

Afegãos registam-se para votar entre preocupações com a segurança

Tamanho do texto Aa Aa

Hoje foi o último dia para os eleitores afegãos se registarem a tempo de votar na primeira volta das presidenciais, no próximo sábado.

Num país sem recenseamento oficial há três décadas é difícil de calcular o número total de eleitores. Em Cabul, muitos queixam-se também dos problemas para se registarem como eleitores.

Um residente da capital diz que “em toda a cidade, só existem três centros de registo, por isso é impossível que todos os afegãos consigam obter o cartão de eleitor”.

Os afegãos vão escolher entre oito candidatos para suceder a Hamid Karzai, único homem a dirigir o país desde a queda dos talibãs, impossibilitado pela Constituição de se apresentar a um novo mandato.

Um eleitor diz que “as pessoas estão preocupadas com a questão da segurança, mas o escrutínio é um passo positivo para mudar o destino [dos afegãos] e todos devem participar”.

Apesar das importantes medidas de segurança, os talibãs prometeram perturbar as eleições e já efetuaram vários ataques em Cabul. Esta terça-feira, a polícia descobriu 22 toneladas de explosivos no nordeste do país.