Última hora

Última hora

Alemanha: Salário mínimo fixado em 8,5 euros por hora

Em leitura:

Alemanha: Salário mínimo fixado em 8,5 euros por hora

Tamanho do texto Aa Aa

Na Alemanha, após um acordo entre conservadores e sociais-democratas, o Conselho de Ministros aprovou esta quinta-feira a passagem do salário mínimo para 8,5 euros a partir de janeiro de 2015.

A nova lei terá ainda que ser aprovada pela câmara baixa do Parlamento e provavelmente também pela câmara alta mas em qualquer dos casos tal não deverá ser um problema.

“Queremos que os jovens sejam treinados antes de eventualmente assumirem trabalhos com melhores salários. Por isso os jovens com menos de 18 anos anos não serão abrangidos pelo salário mínimo. O que propus hoje foi uma solução equilibrada que, para os desempregados de longo prazo, pode levá-los ao mercado do primeiro emprego. Assim sendo, não serão abrangidos pelo salário mínimo durante seis meses”, disse a ministra do Trabalho, Andrea Nahles.

Os parceiros da Alemanha, com a França à cabeça, esperam que a medida vá corrigir situações em que os trabalhadores são pagos abaixo de um preço justo, nomeadamente em áreas como o agroalimentar, e aumentar o consumo interno na maior economia da Europa.

A introdução de um salário mínimo na Alemanha surge como uma revolução no país que historicamente tem permitido aos parceiros sociais a negociação dos salários.

Entretanto foi anunciado que os salários da função pública vão aumentar 3% este ano e 2,4% em março de 2015, após negociações marcadas por greves.