Última hora

Última hora

Chile: Foi levantado o alerta de tsunami no Oceano Pacífico

Em leitura:

Chile: Foi levantado o alerta de tsunami no Oceano Pacífico

Tamanho do texto Aa Aa

Está confirmada a morte de seis pessoas, vítimas do sismo que se fez sentir durante a noite ao largo do Chile.

O abalo, que atingiu a magnitude de 8,2 na escala de Richter, ocorreu no mar, a cerca de 90 quilómetros da costa e a uma profundidade de 50 quilómetros.

O sismo foi imediatamente seguido de alerta de tsunami. Cerca de 900 mil pessoas das regiões costeiras abandonaram as residências.

O alerta de tsunami foi entretanto levantado esta manhã. A ondulação atingiu o máximo de dois metros em algumas regiões.

A presidente chilena, Michel Bachelet, decretou o norte do país como zona de catástrofe natural, enviou o exército para manter a ordem e a segurança e partiu imediatamente para a região.

O sismo provocou estragos importantes na torre de controlo do aeroporto de Iquique levando à anulação dos voos entre as três principais cidades do norte do país. Antofagasta, Iquique e Arica.

Esperam-se réplicas nos próximos dias. O Chile está situado na chamada Cintura de Fogo do Pacífico, onde a atividade sísmica é muito intensa. Os últimos dois abalos sentidos na região ocorreram há duas semanas.