Última hora

Última hora

FMI pede mais estímulos ao BCE

Em leitura:

FMI pede mais estímulos ao BCE

Tamanho do texto Aa Aa

O Fundo Monetário Internacional (FMI) aconselha o Banco Central Europeu (BCE) a agir para lutar com a baixa inflação na zona euro, que ameaça o crescimento económico mundial.

A diretora geral da instituição defende uma política monetária mais expansiva na Europa, incluindo medidas não convencionais.

Christine Lagarde recordou que uma inflação baixa limita o consumo e a produção. E acrescentou: “a zona euro está em curso uma retoma modesta. É mais forte no núcleo e ainda muito fraca no sul. Há passos encorajantes que foram dados nos últimos meses, como o estabelecimento da união bancária”.

Em março, a inflação na zona euro baixou para 0,5%, o nível mais baixo desde outubro de 2009. O conselho de governadores do BCE reúne-se, pois, esta quinta-feira debaixo de forte pressão.

Na semana passada o presidente do BCE, Mario Draghi, garantiu que estão prontos a tomar as medidas necessárias para manter a estabilidade dos preços.