Última hora

Última hora

NATO suspende operações com a Rússia

Em leitura:

NATO suspende operações com a Rússia

Tamanho do texto Aa Aa

A NATO decidiu suspender a sua cooperação civil e militar com a Rússia, embora mantendo o diálogo político que visa alcançar uma solução para a crise ucraniana.

Os ministros dos Negócios Estrangeiros dos 28 Estados membros da Organização do Tratado do Atlântico-Norte formalizaram publicamente a decisão tomada ao nível dos embaixadores a 05 de março último.

Anders Fogh Rasmussen, secretário-geral da NATO:
“Agressão da Rússia contra a Ucrânia é a mais grave ameaça para a segurança europeia em uma geração e que desafia a nossa visão de uma Europa unida, livre e em paz.”

Para já não foram especificados quais serão os programas de cooperação suspensos, mas ficou claro que os que se relacionam com o Afeganistão e com o combate ao tráfico de droga não serão afetados.

John Kerry declarou: “Rejeitamos qualquer noção de que existe alguma legalidade nos esforços da Rússia para anexar Criméia. Desafiamos as táticas de intimidação, especialmente a implantação de força militar em torno das fronteiras da Ucrânia.”

A Rússia tinha já decidido, há vários meses, suspender as negociações com a NATO sobre o projeto de escudo antimíssil que a Aliança Atlântica está em vias de instalar em vários países.