Última hora

Última hora

NATO quer r forças armadas ucranianas fortes$

Em leitura:

NATO quer r forças armadas ucranianas fortes$

Tamanho do texto Aa Aa

A Ucrânia pretende modernizar as Forças Armadas e torná-las
capazes de se oporem a ameaças militares.

A NATO tem interesse em ver um exército forte na Ucrânia e está disposta a cooperar com o país na esfera militar, segundo o Secretário-Geral da Aliança, Anders Fogh Rasmussen. O conflito na Crimeia expôs fragilidades face à Rússia: “Se a Rússia tivesse ousado continuar a avançar na Ucrânia, eu não hesitaria considerar isso como um erro histórico. Isso levaria a um maior isolamento internacional da Rússia. E teria consequências de longo alcance.”

Corruptas, mal equipadas e abandonadas por sucessivos governos, as Forças Armadas ucranianas não teriam tido condições de enfrentar as tropas russas que contam com 800 mil homens. Kiev conta com 130 mil soldados e oficiais.