Última hora

Última hora

Ucrânia: Comissão Eleitoral rejeita condidatura de Darth Vader

Em leitura:

Ucrânia: Comissão Eleitoral rejeita condidatura de Darth Vader

Tamanho do texto Aa Aa

Enquanto procuram soluções para o país, os ucranianos mantém o sentido de humor.

Esta quinta-feira foi, vestidos a rigor como personagens da “Guerra das Estrelas”, que dezenas de apoiantes de Darth Vader compareceram frente ao edifício da Comissão Eleitoral.

O motivo foi a recusa da comissão em aceitar a candidatura de Darth Vader, o maléfico personagem da saga, à presidência do país.

Vader diz que um dos seus objetivos é “recuperar a Crimeia no prazo de três dias” e para isso tem “uma coisinha muito pequenina que Vladimir Putin precisa e em troco ele entrega-lhe a Crimeia”.

A candidatura deste personagem foi apresentada pelo Partido da Internet, recentemente criado. Mas Vader já era uma segunda escolha:

“O partido da Internet da Ucrânia queria apresentar a candidatura de um robô. Porque um robô nunca esteve no poder. É mais decente e não se deixa corromper. De acordo com todas as sondagens na internet, Darth Vader lidera a pré-campanha eleitoral e foi por isso que a comissão eleitoral não o registou. Têm medo dele”, explica o líder do partido, Dmitry Gollubov.

A eleição vai decorrer no dia 25 de Maio sem Darth Vader. O vencedor, no entanto, vai ter que lutar, com todas as forças, para tentar arrancar o país da crise política e económica em que está mergulhado.