Última hora

Última hora

Sobreviventes do sismo protestam no norte do Chile

Em leitura:

Sobreviventes do sismo protestam no norte do Chile

Tamanho do texto Aa Aa

Várias dezenas de pessoas manifestaram-se, durante a noite desta sexta-feira, na cidade de Iquique, no norte do Chile, em protesto pela falta de ajuda governamental, após o terremoto da última terça-feira.

Exigindo das autoridades cobertores, roupas e a reposição dos serviços de água e electicidade, deitaram fogo a barricadas e interromperam o trânsito.

Iquique, capital da região de Tarapcá, a cerca de dois mil quilómetros de Santiago, foi uma das mais atingidas pelo sismo de terça-feira, que também causou grandes estragos nas regiões de Antofagasta, Arica e Parinacota.

Entretanto, a presidente chilena, Michelle Bachelet, deu ordens aos ministros do Interior, Rodrigo Peñailillo, e da Defesa, Jaime Birgos, para que se desloquem a Iquique e acelerem a segunda fase do plano de ajuda.

Desde o início da semana, o Chile foi atingido com uma série de tremores de terra. O mais forte aconteceu na última terça-feira – a região norte sofreu um sismo de 8,2 graus na escala Richter, que causou seis mortos, vários feridos e danos materiais.