Última hora

Última hora

Austrália deteta "sinais promissores" para a localização dos destroços do voo MH370

Em leitura:

Austrália deteta "sinais promissores" para a localização dos destroços do voo MH370

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades australianas anunciaram a deteção no Oceano Índico de novos sinais acústicos compatíveis com os ultrasons emitidos pelas caixas negras dos aviões.

Estes sinais, detetados pela sonda transportada pelo navio australiano Ocean Shield, é “a mais promissora” das pistas até agora seguidas e faz renascer a esperança de encontrar os destroços do Boeing desaparecido há um mês.

Mas as equipas de investigação aconselham prudência:
“Há ainda muitos passos a dar antes que se possa confirmar que estes sinais pertencem ao voo MH370 desaparecido. Primeiro temos que identificar a posição, depois o Ocean Shield pode fazer descer o veículo submarino autónomo que poderá localizar os destroços no fundo do mar”, explica o responsável pelas operações, Angus Houston.

O tempo urge. O avião das linhas áereas da Malásia desapareceu há um mês e as caixas negras podem deixar de emitir sinais a qualquer momento.

As buscas continuam também na áerea onde um navio chinês captou sinais durante o fim-de-semana. O navio britânico de investigação oceanográfica, Echo, está agora a dirigir-se para esta zona, 500 quilómetros a sul do local investigado pelo Ocean Shield.