Última hora

Última hora

Fidesz: maioria de dois terços no parlamento dependente de duas regiões

Em leitura:

Fidesz: maioria de dois terços no parlamento dependente de duas regiões

Tamanho do texto Aa Aa

Os húngaros renovaram o mandato do chefe de governo, mas os resultados oficiais das eleições legislativas só vão ser conhecidos nos próximos dias já que em duas regiões os votos, ainda, não foram contabilizados.

Certo, é que a vitória com mais de 45 por cento dos votos já não escapa ao Fidesz.

“Estou muito contente. A Hungria está no caminho certo” refere um húngaro.

Outro adianta: “penso que a esquerda não foi inteligente. Começaram a campanha demasiado tarde quando já não fazia sentido.”

“Estava à espera que o Jobbik ganhasse e não o Fidesz, um partido que nos últimos quatro anos levou o país à bancarrota” acrescenta um eleitor.

Mas nas ruas de Budapeste, nem todos se mostram disponíveis para falar de política. O medo de represálias torna esta questão uma espécie de tabu.

Euronews: “desconhece-se para já se o Fidesz vai conservar a maioria de dois terços no parlamento ou se a oposição vai ter uma palavra a dizer nos próximos quatro anos. A resposta vai ser conhecida nos próximos dias.”