Última hora

Última hora

Liga dos Campeões: Borussia e Chelsea em busca da reviravolta

Em leitura:

Liga dos Campeões: Borussia e Chelsea em busca da reviravolta

Tamanho do texto Aa Aa

O Borussia Dortmund tem uma missão quase impossível para garantir um lugar nas meias-finais da Liga dos Campeões depois de ter perdido por 3-0 no Santiago Bernabéu.

As lesões têm sido uma constante na temporada, mas nem tudo são más notícias na equipa alemã. Robert Lewandowski, que falhou o encontro da primeira mão por castigo, está de regresso. Ele que o ano passado assinou um poker contra o Real Madrid.

Os merengues nunca venceram em Dortmund mas com três golos de vantagem, não parecem particularmente preocupados com a estatística. A grande preocupação prende-se com a utilização de Cristiano Ronaldo.

O atacante português saiu após apenas vinte minutos no treino de adaptação mas ainda é possível que entre em campo esta terça-feira.

Em Stamford Bridge, o Chelsea tem noventa minutos para inverter a derrota sofrida no Parque dos Príncipes por três bolas a uma. Os lesionados Samuel Eto’o e André Schürrle são as grandes incógnitas para José Mourinho. Nemanja Matić está impedido de jogar nas competições europeias.

O favoritismo para o encontro está do lado dos londrinos, que nunca foram derrotados em casa por uma equipa francesa. Já os gauleses ainda perseguem a primeira vitória em solo inglês.

Caprichos da história que nada querem dizer dentro das quatro linhas, sobretudo quando o PSG entra em campo escudado por dois golos de vantagem. Está a noventa minutos de garantir um lugar entre as quatro melhores equipas da Europa pela primeira vez em dezanove anos. Zlatan Ibrahimović, lesionado, será o grande ausente.

Os outros jogos das meias-finais estão marcados para quarta-feira, com tudo em aberto depois dos empates registados na primeira mão.