Última hora

Última hora

Ruanda assinala 20 anos do genocídio

Em leitura:

Ruanda assinala 20 anos do genocídio

Tamanho do texto Aa Aa

O Ruanda inicia hoje um luto prolongado para lembrar as vítimas do genocídio que se alastrou por cem dias, de Abril a Julho de 1994.

Vários atos comemorativos estão programados por todo o país mas, na capital, muitos começaram já ontem a assinalar a data.

Centenas de ruandeses participaram, na igreja católica da Paróquia da Santa Família, em Kigali, numa missa solene em memória dos milhares de vítimas.

Um sobrevivente do genocídio lembra que “morreram aqui, nesta mesma igreja, muitas pessoas” e sublinha que é por isso que está aqui hoje.

No Estado de Amahoro, o presidente Paul Kagamé vai acender esta segunda-feira, na presença de familiares de vítimas vindos de todo o país, a Chama do Luto Nacional, que se manterá acesa durante cem dias, tantos quantos durou o genocídio de 1994.