Última hora

Última hora

OMS: São necessários 2 a 4 meses para conter o surto de Ébola na África Ocidental

Em leitura:

OMS: São necessários 2 a 4 meses para conter o surto de Ébola na África Ocidental

Tamanho do texto Aa Aa

A Organização Mundial de Saúde (OMS) afirmou, esta terça-feira, que serão necessários entre dois e quatro meses para conter o surto de Ébola que continua a alastrar na África Ocidental.

Portugal garante estar preparado para a eventualidade do vírus chegar ao país, mas o sindicato que representa os inspetores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras alertou que o SEF “não tem qualquer programa de prevenção” contra doenças contagiosas, como o Ébola.

O vírus já provocou mais de uma centena de mortes na Guiné-Conacri, epicentro do surto que alastrou à Libéria. Casos suspeitos foram identificados na Serra Leoa e no Mali, enquanto na Guiné-Bissau é a água com lixívia e muita “sorte”, segundo uma enfermeira na fronteira, que têm evitado que o Ébola entre no país lusófono.

Segundo a OMS, o “desafio” que as autoridades têm pela frente é “o maior” desde que o vírus surgiu pela primeira vez, há 40 anos, na África Central.