Última hora

Última hora

Alemanha: Justiça liberta espólio artístico apreendido a octogenário

Em leitura:

Alemanha: Justiça liberta espólio artístico apreendido a octogenário

Tamanho do texto Aa Aa

A Justiça alemã libertou o espólio artístico apreendido ao octogenário Cornelius Gurlitt, uma grande parte do qual se suspeita que tenha sido roubado pelos nazis durante a Segunda Guerra Mundial.

A decisão foi tomada depois do acordo entre Gurlitt e as autoridades alemãs, que prevê que, durante o período de um ano, as obras reclamadas serão devolvidas ao donos originais.

Para o advogado e porta-voz do octogenário “é um bom resultado, mais de dois anos depois dos quadros terem sido confiscados”. Stephan Holzinger acrescenta que “desde o início”, defenderam que “a apreensão era ilegal”.

Em 2012, as autoridades tinham apreendido 1500 obras avaliadas em mais 700 milhões de euros de duas propriedades de Gurlitt, investigado por suspeita de fraude fiscal.

O pai do octogenário era um negociante de arte que terá trabalhado para o regime de Adolf Hitler, vendendo obras roubadas a judeus para financiar atividades nazis.