Última hora

Última hora

Itália: Procurador não se opõe ao serviço comunitário para Berlusconi

Em leitura:

Itália: Procurador não se opõe ao serviço comunitário para Berlusconi

Tamanho do texto Aa Aa

O substituto do procurador geral de Milão deu parcer favorável ao pedido de comutação da pena de prisão domiciliária de Silvio Berlusconi em serviço comunitário.

O tribunal vai pronunciar-se sobre a petição dos advogados num período entre cinco e quinze dias.

O ex-primeiro-ministro italiano foi condenado a quatro anos de prisão por fraude fiscal, reduzidos a um ano pela lei do indulto de 2006 e não será encarcerado porque tem mais de 70 anos.

Se o juiz rejeitar a petição, Berlusconi só poderá sair de casa duas horas por dia e sempre acompanhado da polícia militar.

Se o pedido for aceite, Berlusconi pode sair de casa durante o dia, mas falta saber que tipo de serviços poderá prestar. Segundo os advogados, a preferência de il cavalieri vai para um lar de idosos próximo da casa onde vive.