Última hora

Última hora

Polícia grega procura condutor do carro armadilhado

Em leitura:

Polícia grega procura condutor do carro armadilhado

Tamanho do texto Aa Aa

A polícia grega está a rever todos os vídeos de vigilância, das câmaras colocadas próximo da dependência do Banco Central grego, onde ocorreu a explosão, esta manhã. Uma testemunha terá visto alguém sair do carro armadilhado, a correr. As autoridades procuram identificar essa pessoa.

Ainda que não seja uma situação normal, alguns habitantes de Atenas vêm este incidente como mais um que vem ao encontro do descontentamento generalizado:

“É claro que não é lógico, mas penso que é uma forma de protesto, por tudo… Não é correto, claro, mas o que posso eu dizer? As mentes das pessoas são incontroláveis”, afirma Theofanis Petropoulos.

“É claro que não é agradável, é bastante preocupante”, desabafa Mary Skourtsi.

A explosão ocorreu às 6h da manhã, hora local. A polícia teve tempo de evacuar a área já que um jornal grego recebeu um telefonema a alertar para a presença um automóvel armadilhado,frente ao edifício.

A polícia relaciona esta explosão com o retorno do país ao mercado de capitais, marcado para hoje, depois de quase quatro anos de afastamento. As forças de segurança estão em alerta vermelho, principalmente porque este ato terrirista acontece 24 horas antes da chegada da chanceler alemã, Angela Merkel, à capital grega.