Última hora

Última hora

Gregos irritados com visita de Merkel

Em leitura:

Gregos irritados com visita de Merkel

Tamanho do texto Aa Aa

Angela Merkel visitou, esta sexta-feira, Atenas. A viagem da chanceler alemã à Grécia teve como objetivo demonstrar apoio à implementação do pacote de medidas de austeridade imposto pelo governo de Antonis Samaras.

A visita de Merkel ocorre um dia depois da explosão de um carro armadilhado em frente ao Banco Central da Grécia. As autoridades aumentaram o nível de segurança na capital grega. Mais de 5 mil polícias e militares foram destacados, várias ruas de Atenas foram cortadas ao trânsito, obrigando as pessoas a deslocarem-se a pé, provocando o desagrado dos atenienses.

“Estão a deixar-nos loucos! Tenho andado horas e estou muito, muito cansada! Mas precisamos de ter paciência. Que mais podemos fazer? Temos de ter paciência”, afirma esta mulher.

“Já andei dois quilómetros e meio… Para quê? A Merkel está aqui para nos emprestar dinheiro e depois leva-nos o dobro!”, exclama este ateniense!

Na bagagem Angela Merkel levou promessas de investimentos e programas de trabalho, com o objetivo de ajudar a diminuir o desemprego jovem do país.

Durante a visita, a líder alemã participou, ainda, num fórum de jovens empreendedores.

A chanceler alemã veio a Atenas, numa demonstração de apoio ao primeiro-ministro Samaras e ao partido de centro direita, antes das eleições europeias, em maio. Ela veio aqui, também, para lembrar ao governo de coligação grego de que deve continuar as reformas, sem se desviar do programa de austeridade.