Última hora

Em leitura:

EUA ameaçam agravar sanções contra a Rússia


Ucrânia

EUA ameaçam agravar sanções contra a Rússia

Samantha Powers, a embaixadora dos Estados Unidos na ONU, ameaçou agravar as sanções à Rússia, se a situação na Ucrânia se mantiver.

No Departamento de Estado, aumenta a preocuapação, com os acontecimentos dos últimos três dias, envolvendo diversas cidades do sul e leste da Ucrânia:.

“As forças estão a desenvolver, em cada uma das seis ou sete cidades, exatamente a mesma coisa. Vendo com atenção, percebem-se os sinais do envolvimentoi de Moscovo. Se as ações do tipo do que vimos nos últimos dois ou três dias continuarem, teremos de pensar num agravamento das sanções”, disse a diplomata, numa entrevista televisiva.

Uma ameaça que surge a quatro dias do início, em Genebra, das negociações multilaterais.

Sergei Lavrov, o chefe da diplomacia de Moscovo vai enfrentar representantes da Nato, como o secretário-geral, Anders Rasmussen. Mas também dos Estados Unidos, da União Europeia e da Ucrânia.

No plano militar, os próximos dias podem ser decisivos, porque todas as partes querem chegar a Genebra em situação de superioridade.

Mas Washington e a Nato avisam que a Crimeia não se pode repetir.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Ucrânia: ativistas pró-Rússia tomam mais cidades