Última hora

Última hora

Papa não lava as mãos, como Pilatos

Em leitura:

Papa não lava as mãos, como Pilatos

Tamanho do texto Aa Aa

O Papa Francisco presidiu, esta manhã, às celebrações do Domingo de Ramos que iniciam a Semana Santa.

O momento foi aproveitado para 10 jovens brasileiros fazerem a entrega do símbolo das Jornadas Mundiais da Juventude a 10 jovens vindos da Polónia, país que será o anfitrião das jornadas de 2016.

Foram distribídas três mil folhas brancas de palmeira, as “parmuleri”, uma tradição que vem desde o ano de 1586.

A folha entregue ao Papa Francisco tinha mais três folhas entrelaçadas.

O Sumo Pontífice voltou a misturar-se com a multidão que lotava a Praça de S. Pedro.

As crianças tiveram direito a furar o protocolo e a segurança.

Na homilia, que durou 15 minutos, o Papa Francisco voltou a falar da atualidade sócio-económica que dilacera o mundo. Para perguntar: “serei eu como Poncio Pilatos que, quando vejo que a situação é difícil, lavo as minhas mãos?”