Última hora

Última hora

Rússia: Bolsa e rublo sofrem com tensão na Ucrânia

Em leitura:

Rússia: Bolsa e rublo sofrem com tensão na Ucrânia

Tamanho do texto Aa Aa

Dia de forte queda na bolsa de Moscovo, com o fim do ultimato aos separatistas no leste da Ucrânia e a troca de acusações entre Rússia e Ucrânia. Os investidores fogem dos ativos russos, temendo uma guerra civil na Ucrânia e uma nova vaga de sanções à Rússia.

O índice russo em rublos regista a maior queda este mês e os prémios de risco da dívida do país sobem.

Nikita Bekasov, porta-voz da bolsa moscovita, esclarece: “Com o avançar da situação geopolítica e a crescente tensão, assistimos a uma queda da bolsa de valores, quer do índice em rublos quer do índice em dólares. A queda do índice em rublo ultrapassa 1% e o recuo do índice em dólares é de mais de 2%”.

A recuar esteve também o rublo, que perdeu 0,7% contra as principais moedas. Face ao dólar, a divisa russa já perdeu quase 8% este ano.

Uma habitante de Moscovo considera “que está relacionado com a situação política, com a atual situação na Ucrânia. Como vai afetar as pessoas? Os preços vão subir, os salários mantém-se, nada de novo”.

A inflação acelerou desde o início do ano. Em março, os preços ao consumidor subiram 1%, depois de 0,7% em fevereiro.

Em termos anuais, a inflação atingiu, em março, os 6,9% e os preços da alimentação aumentaram mais de 8%.