Última hora

Última hora

Bandeira russa hasteada nos blindados ucranianos que entraram em Slaviansk

Em leitura:

Bandeira russa hasteada nos blindados ucranianos que entraram em Slaviansk

Tamanho do texto Aa Aa

Uma coluna de seis blindados ucranianos entrou esta quarta-feira em Slaviansk com a bandeira russa hasteada para gáudio de alguns populares.

Não há certeza se as forças pró-russas aproveitaram a deserção de militares ucranianos ou se tomaram de assalto os veículos blindados depois destes terem entrado na vizinha cidade de Kramatorsk, no quadro do que as autoridades de Kiev chamam de “operação antiterrorista” contra os separatistas, que ocupam vários edifícios públicos no leste da Ucrânia.

Nas ruas de Slaviansk, uma habitante quis “agradecer” aos homens armados que “vieram proteger” uma população que receia a intervenção dos paramilitares nacionalistas do “Pravy Sektor”.

Em Slaviansk, a euronews falou com dois militares sem insígnias.

Sobre o facto de a bandeira russa estar içada nos blindados, um dos homens afirmou que “é uma bandeira eslava” e que não necessitam de uma “bandeira ucraniana para nada”.

Questionado sobre as suas origens e a dos blindados, o outro homem armado disse que é de “Donetsk, que vive na região, que os veículos militares remontam ao tempo da “União Soviética e pertenciam até agora ao exército ucraniano”.

O companheiro de armas ainda aproveitou para acrescentar que os blindados “tomaram agora o lado do povo, o lado da república de Donetsk”, uma das entidades separatistas no leste da Ucrânia.

Um clima de pré-guerra paira sobre a região.

Segundo o enviado especial da euronews, Sergio Cantone, “os pró-russos estão a tomar posições em Slaviansk, agora com tanques, e aguardam um ataque por parte das forças ucranianas”.