Última hora

Última hora

Assalto frustrado à unidade da guarda nacional ucraniana em Marioupol

Em leitura:

Assalto frustrado à unidade da guarda nacional ucraniana em Marioupol

Tamanho do texto Aa Aa

Um assalto à unidade da guarda nacional ucraniana em Marioupol, no sudeste da Ucrânia, na noite de quarta para quinta-feira, terminou com três assaltantes mortos e 13 feridos.

Segundo o ministro da administração interna da Ucrânia, Arsen Avakov, não houve baixas na guarda nacional. Uma unidade das forças especiais “Alfa”, fez a detenção de 63 assaltantes.

Marioupol, com 450 mil habitantes e um porto sobre o mar de Azov, é a segunda maior cidade da região de Donetsk, epicentro da atual série de insurreições pró-russas no leste do país.

Ainda segundo o ministro ucraniano, em posse dos assaltantes foram encontradas armas e telemóveis com números de operadores russos.

Tudo começou quando um grupo de 300 encapuçados, com bombas incendiárias e cocktails molotov exigiu que a guarda nacional entregasse as armas.

O governo ucraniano está a braços com uma operação anti-terrorista especialmente difícil, apostado em neutralizar os bandos armados sem fazer vítimas entre a população.

Em Genebra estão esta quinta-feira reunidos representantes de Moscovo, Ucrânia, Estados Unidos e União Europeia, para discutir a situação ucraniana.