Última hora

Última hora

Comissão Europeia admite discutir com Putin fornecimento de gás

Em leitura:

Comissão Europeia admite discutir com Putin fornecimento de gás

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente da Comissão Europeia aconselha Vladimir Putin a não avançar com qualquer corte no fornecimento de gás à Ucrânia. Numa carta enviada a Moscovo, Durão Barroso respondeu a outra enviada pelo presidente russo.

Nesse documento, Putin alertou para a possibilidade de cortar o fornecimento de gás à Ucrânia, se o país não pagasse as respetivas contas e, consequentemente, as entregas de combustível para o resto da Europa poderiam ficar comprometidas. O líder russo disse ainda que o tema deveria ser discutido com a União Europeia.

A sugestão que foi aceite pela Comissão. Durão Barroso defendeu ainda que esta é a melhor abordagem à crise, uma vez que permite encontrar a melhor solução para todas as partes.

Entretanto, o Parlamento Europeu aprovou uma resolução em que se defende que a União Europeia deve rever todos os acordos com a Rússia, adotar sanções económicas e um embargo de armas ao país, além de medidas específicas contra empresas russas de energia e subsidiárias. O documento foi aprovado com 437 votos a favor, 49 contra e 85 abstenções.