Última hora

Última hora

Crise ucraniana discutida em Genebra

Em leitura:

Crise ucraniana discutida em Genebra

Tamanho do texto Aa Aa

Os responsáveis pela diplomacia americana, europeia, russa e ucraniana reúnem-se hoje em Genebra para tentar solucionar a crise na Ucrânia.

Num clima de extrema tensão John Kerry, Catherine Ashton, Serguei Lavrov e Andrii Dechtchitsa têm pela frente uma tarefa difícil.

Tendo como pano de fundo um braço-de-ferro entre rebeldes pró-russos e as forças armadas ucranianas, Moscovo exige uma “federalização” da Ucrânia, o que, segundo o Governo pró-europeu de Kiev, ameaça o país de desmembramento.

Ontem, o ministro da Defesa ucraniano deslocou-se ao leste do país e a NATO anunciou o reforço das medidas de defesa aérea, marítima e terrestre dos países da Europa oriental, que integram a aliança atlântica.Segundo esta organização, a escalada de tensão no leste da Ucrânia fez aumentar o receio de uma intervenção de Moscovo, tendo a Rússia já colocado cerca de 40.000 soldados na fronteira.

Em caso de fracasso da reunião de Genebra, os Estados Unidos ameaçaram adotar novas sanções contra Moscovo.