Última hora

Última hora

Johnny Depp e os perigos da Inteligência Artificial

Em leitura:

Johnny Depp e os perigos da Inteligência Artificial

Tamanho do texto Aa Aa

Johnny Depp veste a pele de um investigador na área da Inteligência Artificial em “Transcendence”.

O filme realizado por Wally Pfister conta a história de um cientista que tenta criar uma máquina que combine inteligência coletiva e conhecimento humano para atingir a chamada Singularidade Tecnológica. Mas, um dia, é vítima de um grupo extremista e vê o seu cérebro carregado para um sistema operativo ligado à Internet.

Na estreia mundial de “Transcendence”, em Los Angeles, Johnny Depp falou no tema do filme.

“É algo aterrador. Mas ao mesmo tempo, o problema diz respeito a toda a gente e quanto mais depressa as pessoas perceberem melhor”, afirmou o ator norte-americano.

“O filme é em si próprio um aviso, caso queiramos fazer este tipo de coisas temos de ser prudentes”, disse Morgan Freeman um dos atores do elenco.

“Quando fiz uma pesquisa no Google tomei consciência do que aí vem, não fazia ideia. É apocaliptico, segundo o que li na Internet. Aprendi muito sobre a Singularidade Tecnológica, pois não sabia nada”, disse a atriz Rebecca Hall que incarna o papel da mulher do cientista.

O filme realizado por Wally Pfister estreia esta semana no Brasil e chega às salas de cinema portuguesas a 1 de maio.