Última hora

Última hora

Kiev perde cada vez mais influência no leste do país

Em leitura:

Kiev perde cada vez mais influência no leste do país

Tamanho do texto Aa Aa

A influência de Kiev na região de Donetsk é cada vez mais fraca. Esta quarta-feira, as tropas ucranianas que avançavam em direção a Kramatorsk, foram bloqueadas pela multidão pró-russa, na pequena aldeia de Pcholkino, e obrigadas a desarmar.

O avanço dos 14 tanques enviados por Kiev foi bloqueado de forma pacífica, pelos populares pró-russos. Os engenhos foram posteriormente autorizados a partir, mas não se sabe, para já, se regressaram, ou não, à base, em Dnipropetrovsk.

“As pessoas estão assustadas, têm medo pelas famílias e pelos próximos. Por isso, não querem deixar passar os tanques. Querem evitar que eles participem em conflitos militares”, explica um popular ao correspondente da euronews na Ucrânia, Sergio Cantone.

Foi uma quarta-feira negra para Kiev, que tinha lançado esta contraofensiva na terça-feira, e tenta retomar o controlo das cidades do Leste do país, que caem cada vez mais nas mãos de forças pró-russas.

Foi o caso em Slaviansk, onde uma coluna de seis blindados ucranianos entrou esta quarta-feira, com a bandeira russa hasteada, sob os aplausos dos populares.

Não há certeza se as forças pró-russas aproveitaram a deserção de militares ucranianos ou se tomaram de assalto os veículos blindados depois destes terem entrado na vizinha cidade de Kramatorsk, no quadro do que as autoridades de Kiev chamam de “operação antiterrorista” contra os separatistas, que ocupam vários edifícios públicos no leste da Ucrânia.