Última hora

Última hora

Ucrânia: Negociações em Genebra

Em leitura:

Ucrânia: Negociações em Genebra

Tamanho do texto Aa Aa

Em Genebra antes da reunião dos chefes das diplomacias da Ucrânia, Rússia, União Europeia e Estados Unidos para tentar travar a escalada no leste ucraniano, o secretário de Estado norte-americano, John Kerry, reuniu-se separadamente com os ministros dos Negócios Estrangeiros russo, Serguei Lavrov e ucraniano, Andri Dechtchitsa, e a alta representante da União Europeia para a política externa, Catherine Ashton.

Os três encontros bilaterais duraram cerca de trinta minutos cada e nada foi transmitido à imprensa sobre o seu conteúdo.

A reunião a quatro tem como pano de fundo a situação tensa vivida no sudeste da Ucrânia.

Os Estados Unidos, a União Europeia e a Ucrânia acusam a Rússia de organizar os manifestantes pró-russos que nos últimos dias ocuparam edifícios governamentais em várias cidades, o que é negado por Moscovo.

“É a primeira vez que os quatro representantes se sentam â volta da mesma mesa. Subsistiam fortes dúvidas sobre a realização do encontro até a partida de Lavrov de Moscovo ter sido confirmada. Contudo, existe o risco de o único êxito das negociaçõs ser o encontro propriamente dito. As divergências entre os negociadores parecem intransponíveis”, sublinhou Serguii Nykyforov, da Euronews, em Genebra.